quarta-feira, 4 de maio de 2011

Tipos de copos para cerveja

O tipo do copo influi nos prazeres degustativos que você pode obter de uma cerveja. Os copos são desenhados com o intuito de desprender o bouquet e aroma daquele estilo de cerveja em específico, permitindo que você possa apreciar o melhor de cada cerveja.


Os tipos mais comuns de copos são:


PILSENER - No Brasil conhecemos erroneamente como "tulipa”. Ideal para as cervejas dos tipos pilsen, além dos estilos American Macro Lager, Happoshu, German Classic Pilsner, European Strong Lager e Witbier. Possibilita a formação de uma boa espuma. 






PINT - Também chamado de Becker ou Tumbler, é aquele que você entorna nos pubs ingleses e irlandeses. Ideal para as cervejas do tipo Bitter. Foi idealizado por ter um desenho simples, barato e que comporta grandes quantidades de cerveja. É indicado para cervejas do tipo Smoked, Marzen/Oktoberfest, Steam Beer, Malt Liquor, Winter Warmer, Bitter e Pumpkin Ale, Stout entre outras.





WITBIER - Também conhecido como Weizen, como o próprio nome já diz, é ideal para esses tipos de cerveja. Permite que se admire o corpo e a cor da cerveja, bem como a expansão do creme. Poderá utilizá-los com cervejas do tipo Dunkel Weizen, Gose, Weizenbock ou Hefe Weizen.




TULIPA - Ideal para cervejas que possuem bastante espuma, como a Duvel e outras stong ales belgas. O desenho é baixo e elegante, permitindo também observar a evolução do creme. Não confundir com o que chamamos aqui no Brasil de Tulipa, que na verdade é um copo Pilsener. A Tulipa parece mais com uma taça de conhaque, porém com a boca do copo virada para fora.




CÁLICE - Na Bélgica é chamado de Goblet. Ideais para as grandes trapistas belgas. São muito bonitos, às vezes ostentando dourado na borda. São desenhados para manter íntegro o creme, bem como proporcionar maior percepção do aroma.







FLUTE DE CHAMPAGNE - Em forma de flauta, são mais usados para beber espumantes e champagnes, mas são ideais para cervejas do tipo Lambic, Gueuze ou as champegnoises, como a belga Deus e a brasileira Lust. O fato de serem esguios possibilita que o creme demore mais para se dissipar, mantendo as qualidades da cerveja no copo.







CANECA/MUG/STEIN - É o típico canecão alemão de 1 litro, ideal para grandes e festeiros bebedores, daqueles que adoram brindar a cada minuto. Também conhecido, na Alemanha, como “mug” ou “stein”, deve seu sucesso à quantidade de cerveja que podem conter.







 Cilindrico/Stange - São de origem alemã e são indicados para cervejas delicadas, já que possibilitam a ampliação dos aromas e sabores do malte e do lúpulo. O Stange é ideal para as cervejas do tipo: Rauchbier, Altbier, Kolsch, Lambic-Faro, Lambic-Unblended.






Snifter - Um pouco maiores mas mesmo assim similares aos nossos cálices de brandy ou conhaque, estes copos têm um formato que os tornam excelentes para capturar os aromas de cervejas fortes, já que ajudam na sua preservação. Utilizam-se com Eisbocks, Barley Wine, Old Ale e Russian Imperial Stout.




Caldereta/Shaker - O Caldetera é um copo versátil. Normalmente é visto servindo chopp, mas o caldereta pode ser usado para as English e as American Ales e também para algumas lagers escuras. Por comportar um volume um pouco acima de 300ml, é uma alternativa mais adequada para se ter em casa quando não se pode ter os diversos estilos recomendados. 








Fonte: Brejas, Cervas Fortal e Cervejas do Mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário